Mandando bem na sua primeira vez. 6 Dicas pra quem vai Perder a Virgindade

Assista e aprenda
Essa semana uma colega da época do colégio me mandou uma mensagem desesperada “Vou transar e não sei o que fazer. É minha primeira vez”. Ela deve ter uns 25 anos e nossa amizade, hoje, se limita a curtidas no Instagram. Talvez por isso ela veio falar comigo. Há 50 anos, se você ainda não era casada e virgem, daria para tatuar isso na testa. Tamanho o orgulho. Hoje, se você tem mais de 18 e nunca fudeu, provavelmente vai esconder isso como quem esconder que, sei lá, matou alguém atropelado e fugiu. Então sempre é mais fácil falar esse tipo de coisa com alguém que não dá a mínima para a sua existência..

Se você é adolescente e vai transar pela primeira vez, sua única preocupação é que tudo seja o menos desajeitado possível e que você não dê uma cutuvevalada sem querer na outra pessoa. Depois dos 18 existe toda a pressão social.. Você já deve não só saber transar, como é esperado que também faça mais que um papai e mamãe sem graça. Fiquei com isso alguns dias na cabeça. Deve ter muito mais pessoas passando por essa situação do que podemos sequer imaginar. E piro, talvez elas não tenham a mesma coragem em pedir ajuda. Na verdade, todo mundo deve conhecer algum virgem com mais de 20 e nem sabe disso.

Acredito que, quanto mais o tempo passa, maior medo de assumir isso e de perder a maldita virgindade. A sociedade pode ser muito cruel com quem nunca deu uma. Foi por isso que resolvi transformar as dicas que dei para a minha colega em um guia definitivo pra quem vai transar pela primeira vez. Não posso garantir que será a sua melhor transa. Provavelmente não. Assim como qualquer outra atividade, o sexo pede treino para ser aprimorado. Mas prometo que se você confiar em mim, não vai passar vergonha. E depois da primeira, tudo vai ficar mais fácil. Afinal, você não é mais virgem.

1. Assista Pornô Como Se Estivesse Assistindo uma Vídeo Aula de Matemática

Assista e aprenda
Guarde sua mão para um segundo momento. A ideia é aqui é aprender com quem sabe. Por isso opte por vídeos do tipo amateur. Se tiver dificuldades em encontrar um vídeo de qualidade, procure pela categoria “romantic”. Eles fazem mais jus a vida real. Todo o resto é lixo pornográfico que te faz criar uma expectativa que não corresponde a realidade.

2. Só Conte que Você é Virgem Se Você Se Sentir a Vontade

iamvirgin

Se você procurar outros textos por aí, eles vão dizer exatamente o contrário: seja sincero(a) com seu/sua parceiro(a). Bullshit! A ideia aqui é você estar o mais confortável possível. Se é omitindo esse fato, vai lá. Pra quem tá do outro lado vai fazer pouca diferença. Acredite, eu já ouvi histórias de caras que arregaram quando souberam que a menina era virgem. Os cagões não queriam ter o peso dessa “responsabilidade”, enquanto a mina só queria dar a porra da buceta.

3. Às Vezes é Mais Fácil se Abrir com um Estranho. Literalmente.

Sabe porque a minha colega de escola veio falar comigo? Porque é muito mais fácil ser totalmente sincero sem se sentir envergonhado ou constrangido com um estranho. Se você está no ponto “quero me livrar da minha virgindade”, apps como o tinder, grindr, happn, etc podem te ajudar. Você tem a opção de nunca mais ter contato com a pessoa na vida. E ela não sabe nada da sua vida, seus anseios, seus amigos e rotina. Além disso, você pode escolher a dedo com quem vai fazer isso. Não muda muita coisa, mas é melhor que sair pra caçar na balada e voltar pra casa no mesmo 0x0.

4. Não Banque o/a Pornstar

Você não precisa ser um ginasta olímpico na cama. Não invente moda. Se é a sua primeira vez, o essencial já é demais. Vá no básico, se deixe ser guiado, mas também não faça nada do que não queira. Tipo, sexo anal, bdsm, ménage ou qualquer posição bizarra demais para a sua completa falta de experiência.

5. Observe

watching
Observe o que seu parceiro faz e como faz. Tente seguir o padrão na medida do possível. Também observe as reações de quem está ali com você. Note as caras, bocas e expressões. Você pode sim fazer o melhor sexo oral que o outro já recebeu na vida, mesmo você nunca tendo feito isso antes. Basta dar atenção a quem está com você.

6. Curta o momento

aproveite-o-momento
No final das contas, você está fazendo isso por você. Sexo é libertador e isso vai influenciar diretamente na pessoa que você é. Vai te tornar mais seguro e confiante. Você nunca mais vai ficar por fora dos papos sexuais da galera ou ficar constrangido por ter que fingir ter uma vida sexual que não tem. Então, enjoy the moment e use camisinha!

Bia Moska

Bia é socióloga de fila; dona de um coração revolucionário e de um corpo livre. Gosta de comer, transar e fazer fumaça.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *